quinta-feira , 18 janeiro 2018
Capa / Boa Esperança do Sul / Servidores de Boa Esperança do Sul aceitam proposta e encerram greve
Servidores de Boa Esperança do Sul aceitam proposta e encerram greve
Entrada de Boa Esperança do Sul (Foto: Reprodução/Internet)

Servidores de Boa Esperança do Sul aceitam proposta e encerram greve

Categoria concordou com alteração na jornada e compromisso de reajuste. Em Américo Brasiliense, funcionários municipais continuam paralisados

Do G1 São Carlos e Araraquara

Os servidores públicos de Boa Esperança do Sul decidiram encerrar a greve iniciada há uma semana e voltaram ao trabalho nesta quarta-feira (13).
Eles aceitaram a proposta apresentada pela Prefeitura de redução da jornada de trabalho de oito para seis horas, aumento de 10% no valor do vale alimentação e compromisso de reajuste dos salários assim que o percentual previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal para o gasto com folha de pagamento, de 51% a 54%, for atingido. Atualmente, a prefeitura gasta cerca de 60% do orçamento com pagamento de salários.

Reivindicações

Quando entraram em greve, no dia 6, os funcionários afirmaram que queriam a reposição da inflação dos últimos 12 meses e aumento de R$ 160 no tícket alimentação e a prefeitura informou que não poderia atender às reivindicações por causa da queda na arrecadação.
As aulas foram suspensas em algumas escolas e 66% dos alunos da rede municipal foram afetados. Servidores, incluindo professores, e pais fizeram manifestações e as negociações continuaram até terça (12), quando se chegou ao acordo.

Greve em Américo

Em Américo Brasiliense, onde os funcionários entraram em greve na segunda-feira (11), cerca de 500 trabalhadores permanecem paralisados.
A categoria pedia reajuste salarial de 11%, mas, como no último dia 5 começou o período eleitoral e nessa época do ano nenhuma prefeitura pode dar aumento, os servidores pedem agora um reajuste de pelo menos 3%.

Um comentário

  1. Vamos trabalhar minha gente.
    Se o salário não está bom procure outro emprego.
    Não seja vagabundo e honre o dinheiro dos trabalhadores que pagam impostos e o seus salário.
    E não se esqueça. Funcionário público nada produz. Apenas consome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>